som ambiente

q

terça-feira, 9 de agosto de 2011

A diferença para alguém

Sempre acreditei em anjos. Sempre senti a proteção em todos os momentos.
Mas nunca imaginei que poderia ser um anjo para alguém por alguns instantes.
Neste domingo, voltando de viagem do Rio de Janeiro algo de muito bom aconteceu, pois pude sentir a felicidade de fazer a diferença na vida de alguém.
Estava no aeroporto de Foz do Iguaçu, aguardando a chegada de um amigo que vinha me encontrar, quando uma jovem coreana chegou com um olhar desesperado pedindo se eu poderia emprestar meu celular para ela. Como sou extremamente desconfiada, questionei “ POR QUE?” . Então, ela começou a explicar:
“ Eu perdi o vôo para São Paulo, a companhia aérea não trocou a passagem pois comprei pelo site decolar.com. Estou sem dinheiro, meus créditos do celular terminaram e não conheço nada aqui”.

Ainda com uma ponta de desconfiança, indaguei: “ Mas, como você perdeu o vôo?” Foi então que as coisas começaram a fazer sentido. Ela me entregou a folha impressa da passagem aérea onde constava o nome dela, data e horário de embarque. Ela perdeu o vôo por apenas 05 minutos de atraso! Mas, o mais revoltante não foi a companhia não ter trocado a passagem para um outro vôo, mas sim o motivo pelo qual ela chegou atrasada no aeroporto.
Eis aqui a história completa relatada então por ela:

“ Sou coreana, tenho 20 anos ( porém uma aparencia e ingenuidade de 15 anos), estou em intercâmbio no Brasil; estou fazendo estágio em uma empresa em São Paulo. Vim para esta cidade com duas amigas, que estão voltando de ônibus, uma para Porto Alegre e outra para São Paulo. Mas, como eu tenho que estar no escritório em São Paulo no máximo às 09:00, precisei ir de avião.
Peguei um taxi pra vir até aqui, porém o taxista foi para um lugar mais distante, e cobrou muito caro. Voltei a pé até achar o aeroporto, só que já era tarde demais. Agora estou em um pais extrangeiro, sem dinheiro, perdida e sozinha, e já pedi ajuda a outras pessoas que nem quizeram me ouvir”.


Ao terminar suas explicações em um português precário, me olhou com tanta tristeza e começou a chorar. Simplesmente, não questionei mais nada, pois estava diante de alguém que estava passando por uma situação que deixaria qualquer um paralisado.
Meu coração se encheu de amor e agradecimento pelo universo por ter me dado a oportunidade de ajudar alguém e me deixar ser por um instante um anjo em sua vida.
Ligamos para a sua amiga que, graças a proteção do destino, ainda não tinha embarcado para São Paulo. Ela então conseguiu explicar o ocorrido para sua amiga e pediu para que comprasse uma outra passagem de ônibus pois não iria mais conseguir embarcar pela companhia aérea.
Me ofereci para levá-la até a rodoviária. Ela então começou a agradecer e chorar, agora de alegria, pois estava com tanto medo.
Neste instante meu querido amigo chegou e nos levou até a rodoviária. O engraçado é que ela estava tão desconfiada que ao chegarmos me questionou se ali era realemente a rodoviária. A acompanhei até encontrarmos suas amigas, que estavam também deseperadas esperando por ela.
E assim termina os laços do destino que nos fizeram cruzar o caminho uma da outra.
Talvés possa parecer que eu a ajudei, mas foi o contrário, esse Ser humano, tão desprotegida, perdida me fez novamente entender que a cada instante temos um anjo a nos guiar, seja ele de luz ou de carne e osso, mas com asas invisíveis.
Mesmo que passem pelo nosso caminho pessoas que só querem tirar vantagem e se dar bem a todo custo, também encontramos pessoas que nos guiam pela luz. Ela fez a diferença em minha vida neste instante.

Mil beijos!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo(a)! Obrigado por suas palavras!