som ambiente

q

domingo, 24 de abril de 2011

E na varanda eu espero...


Hoje não tem páscoa. Não para mim. Não imaginei que estaria sentindo tanta dor como hoje.
Ontem, levaram a coisa mais preciosa que tenho na vida, um ser iluminado que encantou meus dias desde que nasceu. Neste sábado, levaram embora da minha varanda meu filhote amado, que há três anos só me deu alegrias, compartilhou as tristezas e sempre me fez muito feliz.
Como somos pequenos, impotentes. Não percebemos que quem amamos está tão perto e não prestamos atenção e é tão simples tirarem isso da gente. Acabava sempre deixando para depois um gesto de amor, sem perceber que talvés o depois poderia não chegar!
Poucos sabem e compreendem o tamanho do amor que sinto pelo meu APOLO. Alguns podem até dizer " mas é só um gato", é porque não sabe o que um bichinho de estimação pode mudar em nossas vidas.
Ele nasceu no meu colo, foi o primogênito da minha gata SUZI. Ao longo destes três anos, passou dificuldades, tristezas e alegrias ao
meu lado. Me fez sorrir, me fez chorar de emoção. Aprendeu a meditar comigo, se aconchegava ao meu colo enquanto estava lendo no sofá.
Hoje, sinto não ter uma foto com ele em meus braços.
Esta noite passei em virgília na varanda na esperança de que ele conseguisse voltar, mas, em vão vi o dia amanhecer
e o aperto no coração aumentava cada vez mais sem que ele aparecesse. E eu sei, que o levaram embora, pois nunca havia saido da varanda, tinha medo de altura.

Hoje não tem páscoa. Hoje tem vazio, saudade.
Hoje, sei o sentido de ser amada incondicional e eternamente,
Hoje, sei o que é saudade.
Para meu eterno filhote que deixou tanto amor em mim.
Minha alma felina agora chora.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

O adeus nunca dito (...)



Hoje, sou pedra que chora, vazia e fria.
Hoje deixei partir de mim aquele que está longe, não só em distância mas em pensamento e sentimentos!
A certeza do fim me consome, mas a incerteza do querer me intoxica.
Hoje sou pedra estática, que sente o vento passar por mim anunciando a tempestade.
Hoje, nem um sorriso do sol me bastaria para acalmar a madrugada fria
que há dentro de mim.
Hoje, como estátua em pedra vejo a tempestade que se aproxima. Como todas as tempestades, ela traz destruição, mas ao mesmo tempo, molha os campos, alimenta o ser, traz sabedoria do céu. Como todas as tempestades, ela deve passar. Quanto mais violenta, mais rápida é a cura Maior o Arco Íris.
As lágrimas teimam em descer com a chuva,
como quem lava a alma para dar espaço ao novo.
Assim como quando se divide um minúsculo átomo e libera-se uma enorme energia, hoje liberto o meu ser da angústia do vazio, da distância, liberto o meu ser da dúvida do querer.

Hoje, caminho sozinha, já que cada caminho é único e cada destino é pessoal.
Hoje, como pedra, tenho medo de dar passos que não estão traçados, mas, apesar dos medos, ao final do dia busco forças para encontrar o melhor da vida, porque o destino será implacável com aqueles que viverem num universo que já acabou.

Hoje, não quero mais ser como a pedra, que se desgasta com o vento, quero ser o próprio vento, que voa livre aos quatro cantos. Sem bagagem, sem prisão, dançando com as folhas, sentindo o silêncio da noite.

Hoje, digo adeus a ti, no silêncio do meu interior.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Existe gente que precisa da ausência para querer a presença

Olá meu Cantinho, 


Hoje recebi um email de uma amiga contendo um texto de Arnaldo Jabor. Li e refleti sobre suas palavras, sobre relacionamentos, sobre o que nos faz bem e o que não faz, de como enxergamos o que é o amor, se tratamos como posse, sobre nossas dúvidas e medos. Na verdade vi, que o vale a pena ser vivido não tem data, nem prazo de validade, nem hora e muito menos certezas. Não existe garantias de felicidade eterna. O que vale ser vivido vem sem estarmos esperando, basta deixarmos a mente aberta e aproveitar cada instante... enquanto dure.


Então, compartilho com vocês o texto na integra. Boa leitura!!!!

"Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida.

Detesto quando escuto aquela conversa:
-Ah, terminei o namoro...
-Nossa, estavam juntos há tanto tempo.....
-Cinco anos...que pena...acabou.... é...não deu certo...
' Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou.
E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.
As vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.
Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.
Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele. Pele é um bicho traiçoeiro.
Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.
E as vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...
Acho que o beijo é importante...e se o beijo bate...se joga...se não bate...
mais um Martini, por favor...e vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra.
O outro tem o direito de não te querer. Não brigue, não ligue, não dê pití.
Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar.... ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta.
Nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?
O legal é alguém que está com você, só por você.
E vice versa.
Não fique com alguém por pena. Ou por medo da solidão.
Nascemos sós. Morremos sós. Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado.
E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.
Tem gente que pula de um romance para o outro.
Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?
Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração..... Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.
E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse....
A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com este papo, CORRA, afinal você não é terapeuta.
Se não quer se envolver, namore uma PLANTA. É mais previsível.
Na vida e no amor, não temos garantias.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.
Nem todo beijo é para romancear.
E nem todo sexo bom para descartar... Ou se apaixonar... Ou se culpar...
Enfim...quem disse que ser adulto é fácil ?????'
'De manhã quando acorda, você tem simplesmente 2 opções: Voltar a
dormir e a sonhar ou levantar e correr atrás dos seus sonhos...
A escolha é sua!"
- Arnaldo Jabor
Sempre temos escolhas, em deixarmos ou não alguém entrar em nossas vidas...
Mil beijos a todos!!!!!


quarta-feira, 13 de abril de 2011

Quando é preciso deixar partir :(


Despedida para um Amigo....


AMAR, também significa deixar partir,

Deixar partir talvez seja a coisa mais difícil que façamos na vida
Ao longo da nossa vida precisamos aprender como deixar quem amamos partir,
Um pouquinho a cada dia, até que um dia, ela se foi por completo e restou a lembrança, daquilo que vivemos juntos e que foi bom.
Deixar partir ...
Isso é difícil, principalmente quando ainda gostamos desta pessoa,
Quando desejamos do fundo do coração que os caminhos, as decisões e as palavras tivessem sido outras.
Mas, deixar partir é necessário e diria que é um dos últimos grandes passos do amor.
Quando deixamos o outro partir, permitimos que ele seja feliz novamente, e no
s permitirmos ser felizes também..

Aprendemos a não ser âncora que aprisiona e sim estrada que conduz, vento que impulsiona as asas em vôos mais alto.

Há quem defenda que o amor é isso mesmo.
Respeitar a liberdade do outro é um ato de amor. Um exemplo são nossos pais que vêem crescer os filhos e que depois os vêem sair de casa para viverem as suas próprias vidas.

Saber deixar partir é ter a convicção intrínseca de que tudo é efêmero, ou de que nada é eterno; a consciência plena de que todas as histórias tem um princípio e um fim, até mesmo as de amor. Para dois grandes e queridos amigos que foram um lindo casal, esse fim chegou. Eles sabiamente aprenderam a lição de deixar partir para preservar o melhor de cada um, no momento certo.

Pena é que a maior parte das pessoas não possua a maturidade emocional necessária para “saber deixar partir”. Algumas vezes me incluo nessas pessoas, não é fácil ver meu querido amigo ir embora, fica sempre um vazio, quando quem amamos parte.

É necessário entendermos que ninguém pertence a ninguém, cada pessoa é única e basta-se a si mesma, tentar moldar a personalidade do outro é limitar a sua própria oportunidade de amar na sua essência; ninguém pode sentir-se feliz ou fazer outrem feliz se não poder expressar livremente o seu eu.

Saber deixar partir requer tanta preparação como saber partir. Pois quem parte sente a

dor da despedida, mas é sempre mais difícil para quem fica, o vazio pertence a quem fica...

Meu querido amigo, hoje vejo você partir para uma nova estrada, um novo mundo. Que este seja um novo começo, um novo renascer como a Fênix, vá curar suas asas feridas e renasça das cinzas . Guardo-te no coração e em todas as nossas fotos coloridas e felizes....e quando quiser, volte para matar a saudade.

Hoje, meus pensamentos foram seus...

Um grande beijo e que sua viagem seja tranqüila.

TE AMO MEU IRMÃO, :)

mil bjos a todos

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Fatores que influenciam nossa carreira profissional

Bom Dia!!!!!

Hoje resolvi postar sobre um texto que li no site http://www.administradores.com.br que acompanho diariamente, escrito por Eduardo Ferraz. Achei um ótimo tema para refletir neste início de semana. Como nossas atitutes pessoais influenciadas pelo nosso emocional podem minar e derrubar uma carreira promissora. A falta de Inteligência Emocional acaba sendo mais grave que a falta de QI.I.

Contratados pelo currículo, demitidos pela atitude

...O estudo aponta que, além dos motivos relacionados à incompetência e à falta de resultados, também estão as questões comportamentais, como o mau relacionamento com o grupo, falta de dinamismo e inaptidão para a liderança. Se prestarmos a devida atenção à questão, podemos perceber que o fato tem grande relação com a falta de Inteligência Emocional.

Normalmente, o baixo QI tende a limitar o crescimento profissional, já o baixo QE pode destruir uma carreira, por mais alto que seja seu QI. As pessoas com pouca inteligência emocional têm um autoconhecimento limitado, e esse é o maior problema. Normalmente, este indivíduo não tem consciência de seus comportamentos, e tem dificuldade em avaliar o impacto que suas atitudes causam nos demais.

Como consequência, costuma ser egocêntrico, lidar mal com o estresse, ter baixa tolerância a frustrações, além das outras questões comportamentais citadas na pesquisa como razões para demissão.

Diferentemente do QI, que muda muito pouco na idade adulta, a Inteligência Emocional pode ser aprimorada. Embora não seja um processo rápido, o primeiro e grande segredo é o autoconhecimento. É preciso que, antes de qualquer coisa, percebamos o efeito que nossos comportamentos estão tendo sobre as pessoas, no ambiente de trabalho, e até mesmo na vida pessoal. Para isso, é essencial que se leve em consideração os feedbacks recebidos, seja de um superior, um subordinado ou de parentes e amigos.

Saber usar os pontos fortes, controlar os pontos limitantes, relevar os pontos fracos e persistir diante de frustrações são elementos que fazem parte das competências de um profissional com alta Inteligência Emocional. É importante ressaltar que isso não é importante somente na vida corporativa. Um alto nível de QE nos permite perceber melhor quem somos, estabelecer relacionamentos mais saudáveis com aqueles que nos rodeiam, e termos atitudes capazes de tornar nossas vidas muito melhores.

Por Eduardo Ferraz , www.administradores.com.br


Por experiência própria já notei que manter-se consciente dos próprios sentimentos, permanecendo atento ao que se está sentindo, também é uma aptidão emocional básica e necessária que auxilia o desenvolvimento da integridade e nos leva a descobrir satisfação no trabalho.

A Inteligência aplicada às nossas atividades profissionais é fundamental e que impacta na realização pessoal, uma vez que a falta da capacidade para lidar com as próprias emoções pode influenciar muito na vida e acabar com a carreira profissional a qualquer instante.

Às Vezes desanimamos na nossa vida profissional, deixando o emocional afetar até a vida pessoal, mas é preciso sempre desenvolver o AUTOCONHECIMENTO e avaliar se já não está na hora de mudanças necessárias.

Deixo meu grande abraço e um desejo de uma semana maravilhosa!!!!!!

Mil Beijos!!!!

domingo, 10 de abril de 2011

SAUDADES...

" hoje acordei assim.... com saudades de um não sei o que... que ficou sem dizer adeus, e que não voltou" Então, emprestei de Clarice Lispector as palavras que não queriam sair de mim, para expressar aquilo que senti..."

Clarice Lispector: Saudades - Sinto saudades de tudo que marc...



Sinto saudades de tudo que marcou a minha vida.
Quando vejo retratos, quando sinto cheiros,
quando escuto uma voz, quando me lembro do passado,
eu sinto saudades...
Sinto saudades de amigos que nunca mais vi,
de pessoas com quem não mais falei...

Sinto saudades da minha infância,

do meu primeiro amor, do meu segundo, do terceiro,

do penúltimo e daqueles que ainda vou ter, se Deus quiser...

Sinto saudades do presente,

que não aproveitei de todo,

lembrando do passado e apostando no futuro...

Sinto saudades do futuro,

que se idealizado,

provavelmente não será do jeito que eu penso que vai ser...

Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei!

De quem disse que viria

e nem apareceu; de quem apareceu correndo,

sem me conhecer direito,

de quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer.

Sinto saudades dos que se foram e de quem não me despedi direito!

Daqueles que não tiveram

como me dizer adeus;

de gente que passou na calçada contrária da minha vida

e que só enxerguei de vislumbre!

Sinto saudades de coisas que tive

e de outras que não tive

mas quis muito ter!

Sinto saudades de coisas

que nem sei se existiram.

Sinto saudades de coisas sérias,

de coisas hilariantes,

de casos, de experiências...

Sinto saudades dos livros que li e que me fizeram viajar!

Sinto saudades dos discos que ouvi e que me fizeram sonhar,

Sinto saudades das coisas que vivi

e das que deixei passar,

sem curtir na totalidade.

Quantas vezes tenho vontade de encontrar não sei o que...

não sei onde...

para resgatar alguma coisa que nem sei o que é e nem onde perdi...

Talvez “ I MISS YOU” não exprima corretamente

a imensa falta

que sentimos de coisas

ou pessoas queridas.

E é por isso que eu tenho mais saudades...

Porque encontrei uma palavra

para usar todas as vezes

em que sinto este aperto no peito,

meio nostálgico, meio gostoso,

mas que funciona melhor

do que um sinal vital

quando se quer falar de vida

e de sentimentos.

Ela é a prova inequívoca

de que somos sensíveis!

De que amamos muito

o que tivemos

e lamentamos as coisas boas

que perdemos ao longo da nossa existência..

...............................................................

Para tudo que sinto saudades...



Mil beijos.....


domingo, 3 de abril de 2011

O que realmente Importa????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Abril chegou, tão rápido que nem consegui dar um oi para ele.... nem aproveitei o 1 de abril para brincar com os amigos de pregar umas mentirinhas. Então, o que realmente importa??!!!!! Os dias passam tão depressa que não prestamos atenção ao que realmente importa para nós. Por acaso, você olhou para o CÉU com o seu azul maravilhoso? Você prestou atenção no caminho que faz todos os dias ao ir para o trabalho. Deu um sorriso para um desconhecido que cruzou seu caminho. Talvez, aquele sorriso que faltou fosse exatamente aquilo que ele precisava em um dia triste de solidão. Quantas vezes nos sentimos assim, sozinhos na multidão.

Abril chegou, tão rápido trazendo consigo o lindo outono. Este eu quero aproveitar, pq para mim, toda estação tem seu charme, mas o outono é lindo. Então, não importa como, mas quero aproveitar a nostalgia do outono nos finais-de-tarde nas cores de abril, antes que tudo isso passe e eu já não me lembre mais o que realmente importa.


Hoje estava lendo um lindo poema de Carlos Drummond de Andrade

Então pus-me a refletir. Então, que suas escolhas sejam repletas de significados. Boa leitura ;)

Não importa aonde você parou...Em que momento da vida você cansou...
O que importa é que sempre é possível e necessário "Recomeçar".
Recomeçar é dar uma chance a si mesmo...
É renovar as esperanças na vida e o mais importante...

Acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado...
Chorou muito?Foi limpeza da alma...Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia...Sentiu-se só por diversas vezes?
É porque você fechou as portas até para os anjos...
Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da sua melhora...
Pois é...

Agora é hora de reiniciar...
De pensar na luz...
De encontrar prazer nas coisas mais simples de novo...
Que tal um novo emprego?
Ou aquele velho desejo de aprender a pintar...

Desenhar...
Ou qualquer outra coisa...
Olha quanto desafio...
Quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus, o esperando.
Está se sentindo sozinho?
Besteira...

Tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento"...
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para "chegar" perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza...
Nem nós mesmos nos suportamos...
Ficamos horríveis...
O mal humor vai comendo nosso fígado...
Até a boca fica amarga!
Recomeçar...
Hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você quer chegar?
Ir alto...
Sonhe alto...
Queira o melhor do melhor...
Queira coisas boas para a vida...
Pensando assim trazemos para nós aquilo que desejamos...
Se pensamos pequeno...
Coisas pequenas teremos...
Já se desejarmos fortemente o melhor e, principalmente, lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar na nossa vida.
E é o hoje o dia da faxina mental...
Joga fora tudo que te prende ao passado...
E toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados...
Jogue tudo fora...
Mas, principalmente, esvazie seu coração...
Fique pronto para a vida...
Para um novo amor...
Lembre-se: somos apaixonáveis...
Somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes...
Afinal de contas...
Nós somos o "Amor".
"Sou do tamanho daquilo que vejo e não do tamanho da minha altura".

Carlos Drummond de Andrade

Mil beijos!!!!!!!!!